sexta-feira, 3 de julho de 2015

Dicas de Punta del Este, Uruguai

Tivemos uma dúvida quando pensamos em incluir o mais famoso balneário do Uruguai no nosso roteiro: vale à pena ir pra Punta del Este fora do verão? E a resposta veio fácil assim assim que chegamos: sim, vale muito!



E como foi jóia descobrir o que Punta tem de bom sem a concorrência da multidão que enche a cidade na alta estação. Nossa publicação de hoje revela algumas dicas bem legais para quem está planejando viajar pra lá, no verão ou não.



Não deixe de conferir também algumas dicas específicas sobre o Uruguai que escrevemos pra você.


Quando ir

Punta del Este é sem dúvida uma cidade multifacetada, mas sua fama de baladeira acaba deixando a impressão de que só vale à pena ir se você gostar de festa. Injusto engano. Punta tem mais que somente isso. 


Se você pretende ir em família, que tal deixar para viajar na primavera ou no outono? Os preços ficam bem mais em conta e você não encontrará a cidade cheia. Nós fomos no começo da primavera e adoramos!

Mas se a sua viagem tem como objetivo conhecer as famosas baladas de Punta, ver muita gente bonita e logicamente ser visto, vá no verão, de preferência antes do Carnaval. Depois disso a cidade fica numa calmaria só, quase deserta. 


Infelizmente Punta não é uma cidade barata, pelo contrário, é a cidade mais cara do Uruguai. Se você faz questão ou só pode viajar na alta estação, prepare-se para pagar caro nos hotéis, restaurantes, passeios etc.



Quanto tempo ficar

Nosso roteiro do que fazer e de quanto tempo ficar está todo detalhadinho na publicação três dias em Punta del Este, Uruguai.

Onde ficar

Para facilitar sua localização, tenha em mente os principais pontos de referência em Punta
oestePlaya Mansa Punta Ballena (Casapueblo);
norteLa Barra;
lestePlaya Brava;
sulPenínsula (Farol).

Não tenha dúvidas que o melhor lugar pra ficar em Punta del Este é na Península, pois você vai ficar bem localizado em relação a todas as atrações importantes. E se você não pretende alugar carro, ficar na Península será essencial.

Um detalhe curioso é que as ruas têm nome e número, apesar da maioria ser conhecida apenas pelo número. A exceção é a Gorlero (Calle 22), principal rua da Península.

Nós reservamos nosso hotel pelo Booking.com e nos hospedamos no novíssimo 20 Hotel (foi inaugurado em dezembro/2014). Avaliamos nossa estada com nota 9,2 e ele tinha nota geral de 8,5 (166 avaliações) quando escrevemos esta publicação. Ficamos muito satisfeitos com tudo. 




Gastronomia e vida noturna

A vocação boêmia de Punta é evidente, principalmente no verão. A cidade parece até ter um relógio diferente do que estamos acostumados, pois só acorda depois das 12h00. E lugar de badalação é na praia La Barra. Não é por coincidência que ela é o endereço dos seus principais bares e boliches (não estamos falando do jogo, as boliches de lá são as boates).


Outra atração legal é o cassino do Hotel Conrad. É divertido ver as roletas girarem e as maquininhas coloridas dos caça-niqueis transformarem esperança em sorriso ou decepção. O hotel tem também um bom restaurante self-service de frutos-do-mar. E não é caro.


Nós gostamos muito de curtir o pôr-do-sol num dos restaurantes do cais do porto. Clima de romance ideal para quem viaja com a pessoa amada (ou acabou de achar o seu amor por lá). Há também ótimas opções na hora do almoço. 


Outro lugar de muito movimento na península, a Avenida Gorlero oferece opções gastronômicas para todos os gostos, de McDonald's a restaurantes refinados, mas o que achamos divertido de verdade foi sentar e ficar observando as pessoas passarem. Sem pressa. 


E não deixe de experimentar uma cerveja Patrícia, tradicionalíssima no Uruguai.



Compras e câmbio


Não tivemos problemas para trocar dinheiro em Punta, pois há boa fartura de casas de câmbio. As melhores cotações que encontramos foram na península, inclusive para troca de Real.


A Gorlero é a mais importante e tradicional rua da península e concentra muitas das mundialmente famosas lojas de grife. Para quem adora encher as malas de coisinhas novas (e tem dinheiro para isso), passear pela Gorlero será um deleite. O Punta Shopping também pode ser uma boa para quem preferir as facilidades de um centro de compras fechado ao invés de bater perna na rua. 


Se deseja comprar artesanato, visite o Paseo de los artesanos na Plaza Artigas (entre as Calles 25 e 23), mas vou logo avisando que não tem nada barato, como quase tudo em Punta.


Transporte


Se você puder não deixe de alugar um carro quando for a Punta, mesmo que se hospede na península. Apesar das atrações ficarem relativamente concentradas, ela não é uma boa cidade para usar transporte público.


Mas, se não for possível alugar um carro, observe que as praias são divididas em paradas, e o movimento de pessoas diminui à medida que o número da parada aumenta (o Conrad fica na parada 4 da Playa Mansa).





Confira o roteiro de tudo que fizemos em Punta del Este.

Acompanhe outras publicações da nossa viagem pelo Uruguai e Argentina.



#Uruguai #PuntadelEste #Punta 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...