domingo, 13 de abril de 2014

Paixão de Cristo de Nova Jerusalém

Hoje teremos a satisfação de escrever para vocês sobre o que eu considero o maior espetáculo teatral da Terra: a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém.



O espetáculo é encenado durante a Semana Santa desde 1968 em pleno agreste pernambucano num cenário que se assemelha ao da Terra Santa, a antiga Judéia, no ano de 33 D.C. Conta com a figuração de mais de 500 orgulhosos habitantes da região (550 atores) e mais de 600 pessoas nos bastidores. A área do teatro corresponde a um terço da área murada de Jerusalém na época.

A obra idealizada e realizada pelo jornalista Plínio Pacheco falecido em 2002 impressiona e emociona!


Dicas Gerais

Localização

A cidade-teatro de Fazenda Nova, distrito da Brejo da Madre de Deus, fica a 188 Km. de Recife. Para quem não se importa de dirigir, dá perfeitamente para fazer um bate-e-volta de Recife. Siga tranquilo pela BR-232 que liga a capital pernambucana a Caruaru. De lá você pega a BR-104 em direção a Toritama até a entrada da PE-145. São mais 23 Km. até Fazenda Nova. Apenas a PE-145 não está duplicada e o pavimento está cheio de remendos, mas o trecho é pequeno e não compromete a viagem. Todo o trecho duplicado está em bom estado (para os padrões brasileiros) na ida, mas a volta requer um pouco mais de cuidado, pois ela foi aproveitada do pavimento anterior à duplicação e está bastante irregular. Demoramos 2,5 horas na ida e 3 horas na volta (à noite é necessário dirigir com bem mais cuidado).



Ficamos surpresos com o policiamento e sinalização da estrada, principalmente após Caruaru. Os moradores da região entenderam o apelo turístico do espetáculo e trabalham para prover as melhores condições para quem vai para lá. Vale ressaltar que não tivemos engarrafamentos nem na ida nem na volta, apesar da quantidade enorme de veículos.

Há ainda a opção de comprar um pacote nas agências de turismo com traslado e ingresso. Ligue para a agência oficial, a Luk Viagens, e se informe. O lado negativo desta opção é a mesma que qualquer outra do gênero: você vai ficar esperando até que todos cheguem ao ônibus para retornar a Recife e ainda vai pegar um trânsito bem maior na estrada. De positivo, fica a tranquilidade de não precisar dirigir quase 400 Km. num mesmo dia.

Há disponibilidade de estacionamento amplo no local ao custo de R$15,00, além de outras vagas "não oficiais" que eu sinceramente não aconselho.

Preço dos ingressos

Neste ano, o preço dos ingressos para cada um dos oito dias de espetáculo varia de R$80,00 a R$120,00, com meia entrada e desconto de R$10,00 para entrada inteira e R$5,00 para meia, caso seja comprado com antecedência em Recife. Você poderá comprá-los no estande da Paixão de Cristo no piso inferior do Shopping Center Recife na escada rolante dos restaurantes Outback e O Camarada.

Sábado 12/4, Sexta-feira 18/04: R$120,00 / R$60,00 (meia)
Domingo 13/4, Quarta-feira 16/4, Quinta-feira 17/4, Sábado 19/4: R$100,00 / R$50,00 (meia)
Segunda-feira 14/4, Terça-feira 15/4: R$80,00 / R$40,00 (meia)

A sexta-feira da paixão (18/4) é o dia mais cheio.

Os espetáculos começam às 18h00 e têm 3 horas de duração.

Onde ficar

Se você desejar uma opção "VIP" de hospedagem ao lado das estrelas globais que participam do espetáculo, a Pousada da Paixão oferece pacotes na época do espetáculo (e também durante todo o ano). A pousada é localizada dentro dos muros do teatro.




Fora do teatro

O entorno do teatro oferece opções de lanches, compras de lembranças, artesanato, tudo que você pode esperar de um evento deste porte.

Lembro que durante a apresentação você não tem como ir ao banheiro ou comprar uma água sem perder algo importante. Portanto, aconselho a dar aquela passadinha preventiva antes de entrar no teatro. Além dos famigerados banheiros químicos, há banheiros bem equipados (e limpos) ao lado da entrada do teatro (Porta dos Leões), perto da Vila Gourmet. Aproveite e compre um lanche (a coxinha Bragança é muito boa!) e água antes de encarar a maratona.





Facilidades

Um ponto de destaque da organização é a disponibilidade de cadeiras de rodas logo após a entrada do teatro, e a área reservada para eles bem próximo aos palcos. 




Importante também é a sinalização dos lanterninhas que indicam qual é o próximo palco. Poderiam ser em maior número, mas não deixa de ser bastante útil.

O ponto negativo é a falta de folhetos indicativos com o roteiro do espetáculo, como encontramos nos teatros importantes mundo afora.


O espetáculo

Os oito cenários contam a história de Jesus a partir dos dias que ele passou no deserto orando até a sua ressurreição.

1o. cenário - Deserto da Judéia

Após breve relato de Moisés e Elias, a peça começa no deserto da Judéia, onde Jesus jejuou por 40 dias e 40 noites e foi tentado pelo "coisa ruim".



Ainda neste cenário, Jesus reúne seus apóstolos, cura dois cegos perante seus seguidores e caminha para o Templo de Jerusalém.


2o. cenário - Templo de Jerusalém

Jesus Cristo e seus apóstolos encontram o templo de Jerusalém transformado em mercado e age com força.



Neste mesmo cenário, ele ainda perdoa uma adúltera condenada a apedrejamento ("quem nunca pecou que atire a primeira pedra") e, após a sua saída, Judas se vende por 30 ciclos de ouro.


3o. cenário - Cenáculo

Uma das etapas mais marcantes do percurso, o cenário da última ceia é perfeito. Os atores se deram ao trabalho até de reproduzir a famosa pintura de Leonardo Da Vinci (primeira foto do post).


Não há como não se emocionar quando Jesus divide o pão e o vinho na Santa Ceia. 




4o. cenário - Monte das Oliveiras

Apesar da força da cena do "coisa ruim" tentando mais uma vez Jesus, a cena mais chocante é mesmo beijo de traição do atormentado Judas. 





5o. cenário - Palácio de Herodes 

Embora seja muuuuuito mais comportado do que foi na época, o Palácio de Herodes cumpre com sua missão dando uma boa ideia do que ele representava: prostituição, bebidas e espetáculos pagãos. 






6o. cenário - Fórum de Pilatos

Juntamente com o Palácio de Herodes, este é o palco mais grandioso. Pilatos interroga Jesus ao mesmo tempo que é pressionado pelos sacerdotes para condená-lo à morte.



As cena dos soldados romanos chicoteando Jesus e logo depois colocando a coroa de espinhos é de arrepiar. 




7o. cenário - Via-crúcis

Sinta a emoção de Maria ao encontrar Jesus sendo açoitado pelos soldados arrastando a sua cruz. Não há como não se comover! 



Este é o cenário que ficamos mais próximos dos atores e dividimos com eles todo o sentimento que o momento proporciona.

Saindo desde cenário, siga pelo lado direito de quem caminha para ficar mais perto do palco seguinte. Pela esquerda, você não conseguirá descer até os próximos dois cenários e ficará mais distante, apesar de num ponto mais alto. 



8o. cenário - Crucificação e Ressurreição de Jesus 

Um dos últimos atos do espetáculos começa com Judas sendo atormentado pela traição e sendo convencido a se enforcar. A cena é perfeita!

Prossegue com a crucificação e morte de Jesus Cristo. O barulho do martelo fincando os cravos em suas mãos e pés arrepia e nos remete à grandiosidade do que o filho de Deus fez por nós.


O último cenário (ao lado da crucificação) começa com o corpo de Jesus Cristo sendo colocado no seu túmulo, prossegue com o anjo contando para Maria Madalena da sua Ressurreição e termina com o momento mais emocionante do percurso: a ressurreição de Jesus Cristo Salvador!




Se você também já foi para lá, diga-nos o que achou e deixe suas dicas. Será muito útil.


Não deixe de visitar o sítio oficial da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém



2 comentários:

  1. Não eram dois anjos,eram Moisés e Elias que estavam ao lado de jesus no sermão da montanha,e é Herodes com h e não com E

    ResponderExcluir
  2. Pedro, obrigado pelas correções!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...