domingo, 11 de agosto de 2013

Ça Va Bistrô Recife

Sábado, 10/08/2013 

Para mim não há momento mais romântico do que sábado à noite e neste final de semana eu estava decidido a não deixar passar em branco. Botei uma roupa bonita, inaugurei o sapato que minha amada me deu de presente, dei umas borrifadas do perfume que ela mais gosta e estava pronto para levar o amor da minha vida para um lugar bem especial.

O lugar escolhido para esta noite e que com a colaboração da minha companheira de vida vamos dividir com vocês é o Ça Va Bistrô.


Sábado, 29/03/2014

Comemorar meu aniversário (30/3) a dois num restaurante que amamos não poderia ser melhor. Aqui estamos novamente pra contar pra vocês como foi.



Localizado na Rua Capitão Rebelinho no bairro do Pina aqui em Recife, o lugar é especial. Fomos lá algumas vezes desde a sua inauguração e o ambiente é bastante propício para um momento a dois. Luz na intensidade ideal, bom atendimento e cozinha caprichada. Infelizmente das últimas vezes que tentamos não fomos felizes porque estava com aquela fila na porta. Ontem foi diferente.

Em resumo, nossa pontuação é a seguinte:


1. Atendimento 


Nota 8

Houve muita atenção do garçom, esteve sempre por perto quando precisamos de alguma coisa e soube opinar em relação aos pratos. 


Outro ponto positivo foi que diferentemente das outras vezes a comida não demorou, o que mostra que o restaurante se estruturou para trabalhar com a casa cheia, como tem sido praxe das últimas vezes que passamos por lá.


A ressalva foi apenas em relação à escolha do vinho, pois ele não nos ajudou e poderia ter chamado alguém mais experiente, porém não o fez. 


Atualização de 29/03/2014

Nota 9

Nesta noite o atendimento foi mais caprichado ainda. Garçons de prontidão, mâitre com muita boa vontade, apesar de não parecer muito experiente, mas sabendo nos indicar um vinho da uva que escolhemos com bons preço e assentando muito bem com os pratos.



2. Gastronomia

Nota 9

Já fomos outras vezes ao Ça Va para almoçar (os pratos são bem servidos), mas à noite damos preferência às entradas e a um bom vinho (vide comentário da carta de vinhos).


Para acompanhar o vinho branco que pedimos, escolhemos o crevette thai - um camarão empanado muito crocante e sequinho, acompanhado por um purê leve de batata e mandioca, mas o toque especial foi uma geléia de fruta com um suave sabor de wasabi (a raiz forte usada em sushi). A apresentação também atiçou os olhos. Delicado e muito saboroso.



A segunda entrada foi a poupes sensation, uma tigelinha de lula marinada com cogumelos, tomates e batatinhas ao murro. A lula é uma carne delicada: se não for bem preparada, pode ficar uma borracha. Não foi o caso... estava esplêndido, macio e saboroso. A única falha pôde ser corrigida de imediato: faltava algo crocante. Assim, pedimos uma cestinha de torradas ao garçom e, confessamos, foi o que faltava. Delicioso.

Atualização de 29/03/2014


Nota 10

A entrada da noite foi um fruits de mer dans la casserole. A tigela de frutos do mar na manteiga de limão siciliano com purê de batata doce estava simplesmente divina. 




Para fechar, o canard la fôret, ou melhor, pato com cogumelos, purê de banana da terra e gengibre. Você não vai acreditar na mistura de sabores desse prato. Um sonho!



Qualquer nota menor que a máxima hoje seria injusta.


3. Ambientação

Nota 9 

Luz na intensidade correta, decoração em tons de terra, cadeiras, mesas e sofá na altura ideal e confortavelmente dispostas. Destaque para o cuidado em colocar uma placa de acrílico no ar-condicionado para que o frio fosse bem distribuído e não incomodasse ninguém.


A ressalva é para o volume da música que não era compatível com o ambiente e poderia ser mais suave, e para a temperatura que estava um pouco quente.


Atualização de 29/03/2014

Nota 7

Ficamos na nossa mesa de costume bem ao lado da adega e estaria perfeito se não fosse o calor. Não sei se o ar-condicionado estava mal regulado, mas o fato é que a temperatura incomodou um pouco.



Nos demais itens, a ambientação é a mesma das vezes anteriores.


4. Facilidades (manobrista, táxi, estacionamento e localização)

Nota 8

Localizado no bairro do Pina, o restaurante fica num local bastante agradável e movimentado, cheio de outras opções gastronômicas e próximo à praia. 




O manobrista na porta, apesar de caro (R$10,00), traz um conforto padrão da maioria dos restaurantes da região. 


Eu pessoalmente prefiro procurar uma vaga por mim mesmo, pois o fato de não saber onde meu carro vai ser "jogado" é algo que me incomoda. Nesta noite demos sorte e encontramos um lugar quase na frente do restaurante "apenas" na segunda volta no quarteirão. O ponto negativo é exatamente a pouca disponibilidade de vagas para estacionar. 


O restaurante também pode chamar um táxi se não houver um "motorista da vez" com você.


Atualização de 29/03/2014

Nenhuma comentário a acrescentar.


5. Carta de vinhos

Nota 8 

Pequena, mas em boa variedade e de ótima qualidade. Desta vez escolhemos o Bordeau branco Chateau Haut-Mondain, safra 2011. Não sou enólogo, mas o aroma frutado ativa o olfato antes mesmo de senti-lo no paladar. M-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o !



A carta possui outras boas opções, como o argentino Uxmal Malbec, e outras fora do meu padrão de consumo, mas de qualidade renomada como o italianíssimo Brunello de Montalcino (ainda tomo um!).

Atualização de 29/03/2014

Nota 8

Pedimos um vinho Carmenére e a boa recomendação do mâitre foi um Ventisquero Reserva safra 2012. A leveza da uva combinou muito bem com as opções de comida.



6. Custo-Benefício

Nota 9  

Dizer que o restaurante é barato não é verdade, porém em relação a outros restaurantes o preço é compatível com a qualidade do lugar. 


Atualização de 29/03/2014

Nota 8

Sair para comer à noite num bom restaurante de Recife está ficando caro e o Ça Va não é diferente. 

Apesar disso, vale à pena para um momento especial.



Avaliação Geral

10/08/2013: 8,5  
29/03/2014: 8,3


sítio do restaurante ainda está em construção.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...