domingo, 2 de junho de 2013

Provence (Orange, Pont-du-Guard e Nîmes)

Nîmes
O dia 20/3 na região da Provence começou com um bom café-da-manhã. Como eu já disse no post anterior, apesar do quarto do hotel ser bem pequeno, não tivemos do que reclamar do atendimento, sempre cordial, nem do café-da-manhã, e muito menos da localização. Até uma filha de portugueses encontramos trabalhando na recepção do hotel.

Nosso roteiro de hoje percorrerá Orange, faremos uma visitinha a um monumento romano espetacular, a Pont-du-Guard, e a Nîmes, uma jóia preciosa que vale muito ser vista,


A primeira cidade visitada foi Orange, recomendação do meu professor de francês François (professor, obrigado pela dica!). Não perca tempo, vá direta para a arena romana construída entre 27 a.C. e 14 d.C. e compre o ingresso agregado do Théatre Antique (a arena) e o Musée d'Orange. Há espetáculos na arena bem interessantes principalmente pelo choque entre o antigo e o novo.


Visite o sítio Choregies para obter mais informações sobre o Festival Internacional de Ópera que acontece em julho e outros espetáculos na arena. Maravilhoso!

Uma boa dica para quem pretende passar também pela imperdível Nîmes, aconselho comprar os ingressos casados que ficam com preço mais em conta.


Próxima parada, Pont-du-Guard !

Simplesmente impressionante! 

Estima-se que este aqueduto romano foi construído em 19 a.C. por aproximadamente 1.000 trabalhadores em 5 anos. Além de ficar localizado num parque bem agradável , a vista é matadora! 


O único ponto negativo do roteiro é o preço do estacionamento (18 euros!), mas vale a visita e as inúmeras fotos.


Em seguida pegamos a estrada rumo a Nîmes, uma das minhas preferidas da Provence. 

Para matar a fome, comece experimentando um "Crèpe complète" na simpática creperia Le Goéland no no. 6 do Boulevard de la Libération, bem pertinho da arena.

Les Arènes de Nîmes foi construída em cerca de 100 a.C. e está muito preservada. Dá até para imaginar os duelos entre gladiadores que lá aconteceram. Era o futebol da época com certeza.

Dentro da arena há duas salas pequenas, mas bem interessantes, sobre gladiadores e toureiros. 


Saindo da arena, vá até a linda Maison Carré e aproveite para tirar muitas fotos, mas não se preocupe em entrar, pois há apenas um filme de baixo interesse sobre os heróis da cidade.


Fomos então para o Jardins de la Fountaine. Construído no século 18 sobre o local onde existiam banhos romanos, vale o passeio pela beleza do lugar. Não deixe de subir na parte mais alta dos jardins e observar as belas estátuas de mármore.



Nîmes ainda oferece a Tour Magne, resquício da muralha construída pelo imperador Augusto em 15 d.C. Fica bem perto dos Jardins de la Fountaine.

A melhor dica que podemos dar aqui é que esqueça o carro e use o transporte que Deus te deu: seus pés! Nîmes é super agradável e você não se arrependerá.

Visite o sítio de Nîmes para obter mais detalhes sobre os monumentos da cidade.


Terminamos o dia em Avignon na Place d'Orloge, mais especificamente jantando na Les Brasserie des Arts. Para quem está com saudade de uma boa massa, vale a dica gastronômica. 


Nosso passeio pela região da Provence continua no próximo post quando comentaremos sobre três jóias de herança Romana.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...